sexta-feira, 6 de julho de 2012

A Dança das cadeiras




A vida é a brincadeira
A dança das cadeiras
A diferença que é muito seria
Há muitas pessoas para sentar
E poucos lugares disponíveis na vida
E quando a musica para de tocar
Nem sempre o mais rápido vai sentar
Pois tantas rasteiras terrarão lhe da
E ainda há cadeiras que são tão frágeis
Que não suportam o peso de sua necessidade
Fora que há nessa vida muito mau gosto musical
O pior é que se eu achar ruim ouvirei clichês
Pelo menos você tem duas pernas para andar
Tem gente que corre sem poder nem se levantar
Não tiro a razão de quem possa me dar esse sermão
Pois ao nos fazemos de vitimas somos nosso pior vilão
Além do mais, tenho problemas que muitos queriam ter
Só para os carinhos do meu amor receber
Por isso que ainda tenho forças para lutar
Sei que Deus e você nunca vão me deixar
E para sempre ao de me amar
 E ainda consequiremos nos sentar
Por: Leandro Medeiros Santos
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...