sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Lagrimas poética




Se eu não dormisse e acordasse com você todos os dias, não acreditaria se alguém me disse que existe uma mulher como você meu amor, com a sua inteligência, beleza, coragem, dignidade, humildade, simplicidade, com o amor que tem pelo Senhor Jeová, que tem por mim e por seus filhos. Não há nenhuma hipérbole nas minhas palavras pelo contrario, acho até que elas são insultos diante do seu amor por mim, por isso as minhas lagrimas enchem os meus olhos até transbordar para que os seus olhos e ouvidos leiam e ouçam um poema digno de ti. Ás vezes quando elas não veem nos momentos em que só elas podem declamar o meu amor por te, acho petulante as palavras poetizarem os meus sentimentos, talvez seja também por isso que a única pessoa que eu não me sinto envergonhado em chorar, seja você meu amor.

Por: Leandro Medeiros Santos
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...