quinta-feira, 2 de agosto de 2012

De fato sou eu o culpado


Às vezes nos perguntamos qual foi o mal que fizemos, e para quem foi, para que determinadas coisas na vida não dessem certo? Que mal fez um recém-nascido para morrer em instantes depois? Nunca acharemos a resposta, pois fazemos a pergunta para pessoa errada, e quando Fazemos uma retrospectiva e não conseguimos recordar de nenhum fato, transformamos uma incógnita, no nosso próprio algoz, como se o fato de recordarmos de algum fato resolvesse todos os nossos problemas. A mente entra em ebulição com varias variantes de um só problema, será se foi naquela ocasião, Ou talvez fosse quando eu fiz aquilo para aquela pessoa? Não! Definitivamente não! Às vezes o mal que fazemos a nós mesmo é muito pior do que o mal que pudéssemos fazer a outra pessoa. Então faça uma retrospectiva correta, onde foi que você errou? Depois de recordar tente entender o porquê do erro, e se possível for aprenda com ele, para que saiba como a certa das próximas vezes.

                                    Por: Leandro Medeiros Santos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...