quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Uma oração de amor

fotografia: Nícolas Anderson 


Não se chama Maria, e tão pouco és santa
Por isso cair de joelhos perante a te
Debruçando-me entre tuas coxas
Diante da sua flor fiz uma oração de amor
Pedindo ao teu corpo que me amasse
Foi atendido antes mesmo de ter desejado-a
Pois ela que me guiou ao seu altar
Ardendo em prazer me fez ajoelhar
Para que o meu corpo fosse agraciado pelo seu
Para que eu bebesse em teu cálice o meu pedido
E realizasse em teu corpo os nossos desejos
Ela chama-se Janaina, e só atende a minhas orações.

                                                      Por: Leandro Medeiros Santos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...